Posted by: guyveloso | 7 de April de 2011

Matéria Diário do Pará

Quinta-feira, 07/04/2011, 10h00

“Diversidades Religiosas” em fotografias

Tamanho da fonte:

 

Indo na contramão de que política e religião não se discutem, a exposição coletiva “Diversidades Religiosas” coloca os temas em debate, tendo como perspectiva as diversas manifestações de fé do nosso país.

A mostra abre hoje (07), às 19h, na Galeria da Fotoativa, e segue em cartaz até o dia 08 de maio, das 09h às 13h e das 15h às 18h, de segunda a sexta-feira, e aos sábados, das 9h às 13h. A entrada é franca.

“É um tema importante para ser levado até a população e eu espero que o resultado desse trabalho possa diminuir o preconceito entre as religiões”, ressalta Guy Veloso, fotógrafo e curador da exposição.

A delicadeza do assunto é refletida em cerca de 35 fotografias que unem as mais diversas manifestações religiosas, como os círios, o candomblé, a umbanda, o hinduísmo, o judaísmo, o culto do Vale de Amanhecer, os terreiros de minas e as pregações evangélicas.

“Tentei colocar o máximo de religiões possíveis, misturadas e sem legenda, justamente para causar uma confusão no público. Muitas pessoas vão olhar determinada imagem achando que é de uma religião, quando na verdade é de outra, completamente diferente. Objetos visuais como velas, roupas, flores, fitas coloridas e tambores estão estigmatizados na cabeça das pessoas”, conta Guy Veloso.

A questão religiosa é a primeira temática da exposição, porém, um forte tom político também está presente. “Coloquei lado a lado religiões que não se aceitam, como a vertente evangélica e os umbandistas. Isso com certeza vai gerar discussão entre os visitantes”, explica o curador.

Guy Veloso acredita que, após o público “percorrer” esses mundos tão diferentes, a ideia de que Deus é só um poderá ser reforçada por algumas pessoas e, para outras, ficará claro que existem vários deuses.

“O que importa na verdade é a busca pelo espiritual, independente do caminho que se é percorrido. Sendo que muitas vezes esses caminhos podem ser confundidos”, diz o fotógrafo.

Para não privilegiar nenhuma narrativa religiosa, o curador criou dois critérios para dispor as imagens. “O primeiro foi misturar bastante as vertentes religiosas e, em seguida, os tons das imagens, para que ficasse visualmente bonito”, diz.

A proposta de montar a exposição surgiu no final de 2010 e foi uma ideia de Michel Pinho, professor de história e fotógrafo, que queria problematizar uma leitura apenas europeia sobre a fé e seus ritos.

Participam da mostra 25 fotógrafos, entre sócios e colaboradores da Associação Fotoativa, além de dois fotógrafos de outros Estados, que foram convidados para complementar essa diversidade religiosa. Dentre os participantes estão profissionais já conhecidos e jovens talentos.

Os paraenses são: Alexandra Farah, Analú Morais, Ana Morkazel, Alan Soares, Anita Lima, Bob Menezes, Cynthia Marques, Emídio Contente, Fatinha Silva, Guy Veloso, Irene Almeida, Joyce Nabiça, Luciana Bezerra, Michel Pinho, Paulo Gomes, Roberto Malato, Rafael Araújo, Shamara Fragoso, Tamara Saré, Tarso Sarraf, Thiago Araújo, Valério Silveira e Wagner Okasaki. Além de Vinícius Xavier, que é da Bahia e Francilins, que representa Minas Gerais.

SERVIÇO

Hoje (07), a partir das 19h, abertura da exposição coletiva “Diversidades Religiosas”, com trabalhos de 25 fotógrafos, na Galeria Fotoativa (Praça das Mercês, 19). A visitação segue até o dia 08 de maio, das 09h às 13h e das 15h às 18h, de segunda a sexta-feira, e aos sábados, das 9h às 13h. Entrada franca. Informações: 3225-2754.

(Natália Viggiano – DOL)


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

%d bloggers like this: