Posted by: guyveloso | 22 de May de 2017

Umbanda

Se no começo detectamos um documentarista clássico girando em torno de seu objeto, com o passar dos anos, do conhecimento e da intimidade acumulados, a fotografia de Guy Veloso deixou de representar os rituais para apresentá-los. Essa mudança, que pode parecer sutil, é na verdade a passagem do fotógrafo documentarista para o artista visual. A fotografia deixa de ser apenas um suporte onde se grava impressões, para se tornar extensão da sua imersão profunda nesse universo. Deixa de ser relato de mão única para ser a expressão legítima e dialógica de um encontro com o outro, com o inominável, com o divino – Eder Chiodetto, curador.

Umbanda, Paraty-RJ, 2016. (c) Guy Veloso. www.guyveloso.com

Foto (c) Guy Veloso. Ritual de Umbanda, Paraty-RJ, 2016.

http://www.guyveloso.com

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

%d bloggers like this: